servicos

o-que-e-preciso-para-criar-um-site1 – Escolha um domínio.

Esta escolha deve ser feita entrando no link http://registro.br e testando lá as possibilidades – e não apenas verificando diretamente no Google, Yahoo ou Bing.

Explicamos isso pois você pode procurar um domínio (ou site) nos buscadores e não encontrar. Mas isso não garante que o domínio ainda esteja disponível para a compra. Ele pode estar aguardando um processo de liberação, não estar publicado pois a empresa não finalizou o site, ou ainda não ter sido devidamente indexado nas ferramentas de busca.

2 – Contrate uma boa empresa de hospedagem.

Qualquer pessoa pode comprar um domínio, basta ter um CNPJ ou CPF. Todavia, para realizar o registro é preciso ter um DNS – fornecido por empresas de hospedagem. (Leia mais sobre como contratar uma empresa de hospedagem.)

3 – Crie um projeto com a estrutura para o seu site.

Desenhe um organograma para o seu site. Pense no que você quer que apareça na Home, quais serão os links principais, os sublinks e como eles podem ser interligados.

4 – Contrate uma agência de design e comunicação para desenvolver o layout e programação do seu site.

Por mais que o layout não seja um fator de pontuação dentro do Google, é por meio dele que as pessoas vão decidir se querem permanecer ou não no seu site.

Um bom design pode transformar a imagem da sua empresa. Transmitir credibilidade, confiança e atribuir mais valor agregado. (Leia mais sobre as características de um bom layout para site.)

A programação é um dos aspectos mais importantes do processo. Um site bem programado e preparado para aparecer nos buscadores tende a ser muito melhor sucedido na internet. O problema é que, diferentemente do aspecto visual, caso você não entenda nada de programação, você precisa confiar em quem está desenvolvendo o seu site. Por isso, contrate um bom profissional.

5 – Desenvolva conteúdos de qualidade.

A razão principal pela qual um pessoa visita um site é o conteúdo. A razão pela qual esta pessoa permanece no seu site também é o conteúdo. Por isso, crie conteúdos de qualidade, originais, relevantes, e sem erros gramaticais. Procure fornecer informações que os seus clientes estejam buscando, de uma forma simplificada, que qualquer pessoa possa entender.

Não copie e cole de outros sites. Não compre de sites que vendem textos prontos para preencher o seu. Os buscadores tendem a ignorar conteúdos que existam em massa na internet.

6 – Teste em todos os navegadores.

Teste, teste e teste. Veja como o seu site é visualizado no Internet Explorer, Firefox, Chrome, Safari, Opera e até mesmo em celulares. Realize os ajustes necessários caso o seu site não abra perfeitamente em todos eles.

7 – Publique o site.

Seu site está pronto? Coloque-o no ar e faça testes. Ajuste a configuração das páginas para que elas tenham mais visibilidade na internet. (A ajuda de um profissional de SEO neste caso é fundamental.)

8 – Desenvolva um planejamento de manutenção.

Um site sem manutenção gradativamente perde colocação na internet. Assim, desenvolva um planejamento e priorize as manutenções periódicas. Crie, no mínimo, um conteúdo novo por mês. (Leia mais sobre a manutenção de sites.)

9 – Acompanhe os acessos através de ferramentas de análise.

Se você não acompanhar os acessos do seu site, não terá como saber se ele está sendo eficiente – ou não. Assim, instale ferramentas de análise como o Google Analytics e o Webmaster Tools. Faça uma análise criteriosa mensalmente.

10 – Anuncie.

Troque banners, links, conteúdos, posts. Crie um plano de mídia para o seu site. Invista em links patrocinados. Todas estas estratégias vão canalizar mais visitas para o seu site. Com mais acessos, você terá mais oportunidades de negócios.

Quer criar um site na internet? Solicite um orçamento.